.Gostaria de ter a inteligência de Einstein, de ter a beleza interior de Gandhi, de ter a beleza física de Evangelista e a cultura de Damásio... Ah, e já agora, se não for pedir muito, a conta bancária do Bill Gates... sou apenas uma simples mortal!!!!!

.Catálogo por assuntos

 

.Janeiro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.Em Tramitação...

. Depois de tanto tempo, o ...

. Uiiiii... que eu já não e...

. Cá venho registar...

. Johnny Neologista Mary

. Nada melhor para começar ...

. Sou só eu?

. Parabéns...

. Huuuuuummmmmmm...

. A indústria farmacêutica....

. E somos...

.Arquivo Definitivo

. Janeiro 2014

. Março 2012

. Janeiro 2012

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Janeiro 2011

. Novembro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

.Documentos Históricos

blogs SAPO

.subscrever feeds

Lilypie Kids Birthday tickers
Sexta-feira, 13 de Fevereiro de 2009

Ontem também...

Tivemos um pequeno conflito, que deixou a mamã muito magoada e apreensiva! Tu querias qualquer coisa (que até já nem me lembro o quê...) e eu neguei-te, tu começaste a bater com a mão com alguma agressividade no sofá, enquanto me olhavas com um olhar fulminante, a mamã pediu-te para não fazeres isso e sentei-te no meu colo, tu choravas e de repente deste-me uma chapada na cara... passei-me e respondi-te com uma palmada na fralda e tu imediatamente deste-me nova chapada... mais uma palmada na fralda, nova chapada e eu já a deitar "fogo pelas ventas", agarrei em ti e levei-te para o quarto, onde apaguei a luz e deitei-te na cama! Tu choraste, soluçaste e gritaste o meu nome... e eu de pé no teu quarto, às escuras comecei a sentir os meus olhos a encherem-se de lágrimas... o meu coração doía e o sentimento de culpa começava a tomar conta da minha mente! Como poderia impedir que me batesses se eu própria te estava a bater? Que tipo de lição e exemplo te estava a dar?

Já passou e eu sei que já me perdoaste, mas sinto-me um bocadinho perdida, não queria que voltasse a acontecer, quero que tu aprendas que não é assim, através da violência, que conseguimos o que queremos e que há outras formas de descarregar a nossa frustração!

sinto-me:
publicado por JohnnyMary às 10:05

link do post | comentar | favorito
|
7 comentários:
De maebabada a 13 de Fevereiro de 2009 às 10:36
o G. já passou pela fase das palmadas agora é muito, muito, mas mesmo muito raro. Eu não lhe batia porque acontece sempre o que aconteceu contigo, entras num circulo vicioso, bates tu e bate ele porque depois ele não consegue parar....

Eu punha-o sempre de castigo, mas se te posso dar um conselho, não o leves para a cama e apagues a luz porque podes correr o risco de ele associar a cama ao castigo , eu punha-o sentado no sofa e obrigava-o a estar sentado sem brinquedos. manda-o ficar num sitio qualquer sem acesso a brinquedos nem tv. e sim, é uma fase e passa mais ao menos rapido:o)))

beijocas
De JohnnyMary a 13 de Fevereiro de 2009 às 10:46
Sim, tenho mesmo que pensar num castigo apropriado! Sabes? Levei-o para a cama, porque também já estava na hora de ele ir para lá, mas pela reacção dele também achei dramático demais!
Obrigada pelo conselho :)

Beijocas
De mamaepedro a 13 de Fevereiro de 2009 às 10:43
O meu tem a mão pesada, e infelizmente já dura há muito tempo e não consigo contornar a situação, apesar de não ser diário este comportamento, agora por ex. se o magoamos sem querer, ele diz que é de proposito e bate-nos, também fico possessa mas aquilo já é mesmo instintivo... não dou grande importância porque como digo é só de vez em quando, mas quando encontrares a solução avisa-me...

Beijinhos e bom fim de semana
De JohnnyMary a 13 de Fevereiro de 2009 às 10:48
Foi a 1.ª vez que o Johnny fez isto, também me apanhou de surpresa! Olha, a ideia da Mãe Babada parece-me apropriada, experimenta também!

Beijocas
De maria a 13 de Fevereiro de 2009 às 12:50
Estas são fases complicadas pelas quais todos passam.
Já lá vai um tempo com a Mariana mas também passou por isso e durou pouco tempo.
Fiz como a mãebabada , um castigo, resultou e rapidamente ela deixou de bater.
Claro que para nós é sempre uma dor de alma, custa-nos sempre, acho que a nós nos dói a dobrar.
É importante tentar manter a calma, não é fácil, eu sei ;)...
Beijinhos
De JohnnyMary a 13 de Fevereiro de 2009 às 14:10
Pois não é não! Obrigada :)

Beijocas
De Antes assim... a 16 de Fevereiro de 2009 às 16:58
Pois amiga... já me aconteceu, porque o meu também tem a mão leve! E depois também fico com o coração apertado... no outro dia saiu-me por instinto e porque fiquei com a cara a arder, mas depois arrependi-me... costumo é pô-lo no chão e dizer que já não gosto dele porque me bate, quando está ao colo... ou sentá-lo no sofá, como disse a mãe babada. Na hora funciona, ele fica aflito, pede desculpa e beijos... e se ele insiste nos beijos. Mas depois, assim que recebe os beijos sente-se completamente perdoado... e com a possibilidade de voltar a atacar, mesmo que dai a um bom bocado!! Espero que isto passe rápido, mas não me parece...
Beijinhos

Comentar post

Site Meter