.Gostaria de ter a inteligência de Einstein, de ter a beleza interior de Gandhi, de ter a beleza física de Evangelista e a cultura de Damásio... Ah, e já agora, se não for pedir muito, a conta bancária do Bill Gates... sou apenas uma simples mortal!!!!!

.Catálogo por assuntos

 

.Janeiro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.Em Tramitação...

. Depois de tanto tempo, o ...

. Uiiiii... que eu já não e...

. Cá venho registar...

. Johnny Neologista Mary

. Nada melhor para começar ...

. Sou só eu?

. Parabéns...

. Huuuuuummmmmmm...

. A indústria farmacêutica....

. E somos...

.Arquivo Definitivo

. Janeiro 2014

. Março 2012

. Janeiro 2012

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Janeiro 2011

. Novembro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

.Documentos Históricos

blogs SAPO

.subscrever feeds

Lilypie Kids Birthday tickers
Quinta-feira, 16 de Outubro de 2008

Descobri...

Um pequenino S. Francisco de Assis dentro de ti, boneco!

Ontem quando fomos a casa da vovó, tu foste direitinho à capoeira visitar os pipis que tu tanto gostas e eu fui ter com a avó que estava dentro de casa!

Entretanto, começo a ouvir-te chamar, vou ter contigo e vejo que o vovô tinha colocado uma banheira cheia de água para os patinhos nadarem, à porta da capoeira. Tu estavas a olhar muito fixamente para ela, quando me aproximo é que vejo porquê... lá dentro estava um franguito completamente submerso, com as patitas esticadas que tentavam, em vão, atingir o fundo da banheira, as asas semi-abertas e o corpo imóvel numa tentativa de flutuar, ou então já estava de tal maneira cansado que mal se mexia, e à tona da água tinha apenas o biquito aberto que desesperadamente tentava captar algum ar.

Imediatamente, retirei o pito da água e ao pousá-lo no chão, ele ali ficou prostado, mal se mexia... ao vê-lo assim, ficaste aflito e começaste a chorar... como vi que o animal ainda estava vivo, fui buscar uma toalha, embrulhei-o e levei-o para a casa-de-banho para secá-lo com o secador, tu andaste sempre atrás de mim... "pito, pito, pito" dizias muito apreensivo, acho que sentiste que aquele bichinho estava a passar um mau bocado e ficaste muito preocupado... eu fiquei muito orgulhosa de ti, normalmente as pessoas que demonstram bons sentimentos em relação aos animais, são pessoas muito sensíveis e com muito bom fundo. É assim que desejo que tu cresças, como um ser humano essencialmente bom!

Ah, o franguito recuperou e está bem... só tenho pena de saber que o destino dele está traçado no fundo de um tacho... 

sinto-me:
publicado por JohnnyMary às 11:42

link do post | comentar | favorito
|
4 comentários:
De Juanitta a 16 de Outubro de 2008 às 13:27
Txiii... Estou para aqui toda chorosa... Esta história fez-me recordar uma minha. (Mas a minha bem mais infeliz) :( Era um pouco maiorzinha do que o João, devia ter uns 4 aninhos, fui à casa da minha avó, ela tambem tinha "pintainhos"e eu andei com um, o dia inteiro. Infelizmente, apertei-lhe demais o pescoço e ele morreu na minha mão. Fiquei inconsolável... Chorei tanto! :( Levou muito tempo até que me perdoasse. Mas foi sem querer, juro! Depois redimi-me e fiz-lhe um funeral e acreditei que ele ia para o céu dos pintainhos ( a minha mãe esforçou-se muito para me convencer de que este céu existia!)
De certeza que o João Maria tem bom coração, com uma mamã destas! :)

Beijinhos, minha querida amiga!
De JohnnyMary a 16 de Outubro de 2008 às 14:12
Joana, eu fiz bem pior rapariga!!! Apanhei meia dúzia de pintainhos, daqueles amarelinhos e muito fofinhos e pu-los todos num tanque de lavar roupa cheio de água!!!! Eles já estavam mortos a boiar e eu toda contente a vê-los a "nadar como os patinhos" :P
Acho que nem me apercebi de que tinham morrido! Daaaaahhhh!!!! Nequele tempo eu tinha o cabelo um bocadito mais claro, LoL!!!
De Antes assim... a 17 de Outubro de 2008 às 14:25
Gostei tanto desta história... e é engraçado como ele teve a noção do sofrimento do pintinho!! Eu em pequena, 1 ano e pouco, também esganei um pintinho. A minha mãe guardou o momento em fotografia e cada vez que a via, quando já era mais velhinha , fartava-me de chorar com pena do pinto!!!!
De JohnnyMary a 17 de Outubro de 2008 às 14:38
Pelos vistos, todos temos histórias com pitos nas nossas vidas, é um bocadinho como aquele quadro do menino ou menina a chorar que todos tinhamos pendurado no quarto ;)

Comentar post

Site Meter